Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Ifes envia ofício à Embaixada Brasileira na Argentina para que busca por escaladores seja retomada

Publicado: Sexta, 25 de Janeiro de 2019, 16h12 | Última atualização em Sexta, 25 de Janeiro de 2019, 16h19

Fabrício Amaral de Souza é professor de Educação Física na instituição desde junho de 2012. 

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) enviou, na manhã desta sexta-feira (25), um ofício à Embaixada Brasileira na Argentina se apresentando como parceiro institucional com o objetivo de somar esforços ao trabalho de relacionamento com as autoridades argentinas, para que as buscas pelos escaladores brasileiros Fabrício Amaral de Souza e Leandro Iannotta sejam retomadas.

Fabrício é professor de Educação Física na instituição desde junho de 2012. A ação foi realizada após a instituição tomar ciência – por meio de nota oficial divulgada pela Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada – de que o trabalho de buscas e resgate teria sido encerrado.

O Ifes entende que as condições climáticas adversas têm dificultado ou impedido o avanço dos trabalhos das equipes de resgate, entretanto, o fato de os escaladores ainda não terem sido encontrados representa esperança para toda a comunidade.

O ofício já foi enviado eletronicamente, mas o diretor-geral do Campus Cariacica, Lodovico Ortlieb, irá pessoalmente à Argentina para entregar o documento ao embaixador Sérgio Danese, e fazer um apelo para que as autoridades do país não desistam das buscas. O Ifes ainda lamenta o acontecido e reitera solidariedade à família dos escaladores neste momento de incertezas.

Acesse o documento. 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Ifes

 

O Diretor Geral do Ifes campus Cariacica, local onde o professor Fabrício ministra aulas atualmente, fez um comunicado geral ao servidores do campus, nesta quinta-feira (24):

"Prezados Colegas, boa noite.
No dia 21/01/2019, tomamos notícia do desaparecimento do nosso colega Fabrício Amaral de Souza durante um evento de escalada ao Monte Fitz Roy, no Parque Nacional Los Glaciares, na região da Patagônia Argentina. O Fabrício em companhia de outro brasileiro tentavam escalar o Monte Fitz Roy e devido às condições climáticas adversas da região estão desaparecidos desde o dia 18/01/2019 (quando foram vistos pela ultima vez por outro grupo de escaladores). Seu retorno ao acampamento base estava previsto para o dia 20/01/2019. Como isso não se deu, equipes de busca/resgate entraram em ação no dia 21/01/2019.
 
Até o momento os brasileiros não foram encontrados. Condições climáticas bastante adversas têm dificultado e até impedido o avanço dos trabalhos das equipes de busca/resgate. As informações cessaram e no momento o que de mais oficial há, está sendo repassado apenas às famílias e, no nosso caso, ao Consulado Brasileiro. Estamos monitorando as informações e tão logo tenhamos manifestação oficial sobre esse trágico evento, socializaremos com vocês.
 
Apesar de toda a adversidade, o fato de não terem sido ainda encontrados nos dá um alento de um fio de esperança. Repassamos abaixo uma Nota Oficial da Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada recebida hoje, 24/01/2019.
 
http://www.cbme.org.br/novo/uncategorized/nota-oficial-sobre-os-brasileiros-desaparecidos-durante-uma-escalada-na-patagonia-argentina/

Lodovico Ortlieb Faria"

 
registrado em:
Fim do conteúdo da página